quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Justiça espanhola investiga irregularidade no contrato entre Neymar e Barcelona


Segundo informações do Estadão, a Justiça espanhola abriu uma ação judicial para investigar suposta irregularidade no contrato entre Neymar e Barcelona. De acordo com o juiz Pablo Ruz, há "elementos suficientes para admitir uma investigação" contra Sandro Rosell, presidente do time.

Uma possível ocultação de valores por meio de contratos ilegais está sendo alvo da investigação. A dúvida iniciou após Jordi Cases, sócio do Barcelona, entrar com uma ação alegando que a transferência foi bem mais cara do que anunciada oficialmente.

De acordo com reportagem do El Mundo, o clube espanhol pagou comissões secretas à família do jogador brasileiro. Segundo o jornal, o valor real da contração foi de 95 milhões de euros, cerca de R$ 300 milhões.

Nenhum comentário:

Comente!

Tecnologia do Blogger · Desenvolvido por Seo Blogger Templates